A Cruzada e Teimosia dos 21.197 metros …

Neste último domingo (04/03/2012) fui encarar minha 17ª Meia Maratona nos 21k da XV Maratona Internacional de São Paulo, bem após tantas participações o esperado seria estar bem preparado em todos os sentidos para os 21.197 metros da prova, mas desta vez foi diferente, creio que o bom senso deu espaço para teimosia e a insistência, visto que eu vinha de uma semana difícil, com febre, dores de cabeça e dores pelo corpo que lembrava em muito os sintomas da dengue me impediram de treinar de forma correta, e essa sensação de não estar bem me acompanhou até o dia da prova, em parte pelos medicamentos que estava tomando buscando melhorar e poder encarar o desafio.


Já na arena da prova logo as 06h45, sentei e desliguei daquele lugar e dai meu amigo Marco me perguntou se eu estava bem, disse que sim mas de alguma forma já pressentia que as coisas não iriam ser como eu imagina, não seria apenas mais uma Meia Maratona, fiz todos os preparativos necessários, BCAA, Gel de Carboidratos e tudo aquilo que se faz antes de encarar qualquer prova.


E dada a largada procuramos manter um ritmo bem confortável, mas eu sentia que estava fora de mim, começamos a prova em um ritmo de 06h10, algo muito diferente daquilo que tenho por habito fazer, mas já antes dos 10km não me sentia bem, e dai ainda sobre o Elevado Costa e Silva pensei em voltar não seguir a frente para os 21k, mas a teimosia é algo difícil em mim e segui a diante, procurando forças para seguir a cada km logo após os 11km comecei a andar, naquele momento ainda havia a condição de retornar mas de novo segui em frente, não queria ceder de forma alguma, em minha cabeça um zilhão de pensamentos negativos e coisas ruins que tiravam minha concentração, a música que tanto amo ouvir durante minhas provas me incomodava e trazia um certo mal estar, naquele momento não havia mais a possibilidade de retornar, e procurei alternar entre trotes leves e curtas caminhadas, com as dores de cabeça aumentando comecei a ficar preocupado e passar mal, em dado momento cheguei a cambalear de tão maus que estava. 

Durante o percurso já pelos 16km encontrei a Ultra Tomiko, ela consegui me inspirar a correr e a buscar forças  para concluir os 21km mais longos de minha vida de corredor, seguindo pela avenida Pacaembu encontrei dois senhor que eram a própria motivação e estes como verdadeiros anjos deram as forças que precisava para concluir a prova, cruzei a linha de chegada mancando por conta de câimbras que vieram para somar as dores que sentia, ao cruzar a chegada tentei tirar os óculos e dai minha visão ficou turva pensei agora a coisa vai pegar, me apoiei em uma grade e me recuperei um pouco para ir embora para casa, após longas 02:27:47.




Creio que a verdadeira cruzada pela qual eu passei, tem seus lados, a do cara que jamais desistiu em nenhuma de suas provas até hoje e a do cara que por teimosia, insistência de taurino e um certo grau de burrice coloca seu bem estar em jogo, sem pensar em seus familiares e amigos.

Mas graças a Deus tudo deu certo e vamos em frente, com pensamentos positivos e força de vontade, mas com muita sabedoria!
Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

19 Comentários para A Cruzada e Teimosia dos 21.197 metros …

  • Anderson Consenzo  says:

    Errar é aprender. Agora é se recuperar para encarar 100% o proximo desafio. Abraço

  • Alan Nardi  says:

    Olá Eduardo,

    uma pena vc ter se sentido mal na prova. No mais, vc foi guerreiro em completar a distância. O negócio agora é pensar na próxima. Em abril, estarei de volta à São Paulo para participar da Meia da Corpore. Bons treinos.

    Abraço,

    Alan.
    alanrunning.blogspot.com

  • Dona D  says:

    Oi Eduardo!!!

    Parabéns por esse desafio psicológico!

  • corredora hen  says:

    Parabéns Eduardo Acassio pelo seu desempenho nessa meia maratona que, apesar de suas condições físicas não serem das melhores nesse dia, você conseguiu conclui-la com louvor, o importante é a sensação de dever cumprido e de não ter desistido no meio do percurso, parabéns e estimo melhoras.
    Abraços.

  • Fabrício Toth @Ftoth  says:

    Muito bom !

    Sou como você, não admito desistir, por mais que esteja mal. Uma vez em uma prova de Biathlon já sai da água sentindo que seria dificil concluir a prova correndo, mas mesmo sentindo dores musculares e quase vomitando, achei por bem que seria bom para minha auto estima terminar a prova correndo, depois eu poderia passar mal o quanto quisesse.

    Parabens pela persistencia.

    Se quiser visitar meu blog (jabazinho basico):
    http://diariodacorrida.wordpress.com/

    Abs e bons treinos.

  • Daniela Barcelos  says:

    Oi Edu,
    Esta prova foi um aprendizado para você e de quanto é necessário estarmos bem para participar de um desafio. Se recupere bem e se cuide para estar 100% na próxima.
    Parabéns pela garra de terminar.
    Abs

  • Fábio  says:

    Eduardo,

    De qualquer forma valeu a “jornada”. Ainda que precariamente, são mais 21K para o seu histórico…

    Gostaria de ser a mesma força de vontade/persistência que vc!

    Fábio
    http://[email protected]

  • CORRIDA SEM LIMITES  says:

    Olá!!!
    Bela corrida,quero correr dia 17 de junho em São Paulo 25 km,espero chegar assim bem.
    parabéns
    Cris…

  • Márcio Mesa  says:

    Que loucura hein Edu, eu sei como é isso de não querer desistir nem que a vaca tussa.De qualquer forma às vezes é prudente adiar o desafio pra outra oportunidade.
    Parabéns por mais uma meia maratona na lista e mais juízo na próxima. 🙂

  • Márcio Mesa  says:

    Que loucura hein Edu, mas eu sei como é isso de não querer desistir de jeito nenhum!
    Parabéns por mais uma prova concluída, só tenha mais juízo na próxima. 🙂

  • luizz  says:

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Márcia Fontanella  says:

    Olá, Eduardo! O que diferencia aquele que desiste daquele que não desiste nunca? vc chamou de teimosia, eu chamo também de determinação! Isso é para poucos! Parabéns!Mais uma super vitória para vc!Abraço

  • luizz  says:

    Parabéns Eduardo.
    Uma situação como essa vai te capacitar para vencer desafios tão grandes quanto e tirando de letra ainda por cima.
    Tenha muito sucesso.
    Luiz
    Corridas do Luizz

  • Vinicius Santana  says:

    Muito bacana !!Estou começando agora e estou apaixonado pela corrida!!E ver esse relatos me ajudam a me motivar!!Missão dada é missão cumprida!!

  • Paulo Corrida de Rua BH  says:

    Parabéns Eduardo pela força de vontade e garra.
    Eu vou encarar a minha 1ª meia agora dia 1º de abril, a da Asics, aqui em BH e dia 29 terei outra, a da Linha Verde. Mas já tô me preparando pra Maratona de SP, olha que eu tenho apenas cinco meses de corridas, mas a vontade e persistencia falam mais alto.

    Abraço,

    PauloBH
    http://www.corridasdopaulobh.blogspot.com

  • megasena  says:

    Muitoo bacana a superação, mas temos que tomar cuidado, eu estava correndo a t&f 2012 e fiquei sabendo q um senhor caiu passando mal … triste isso!!

  • Joka  says:

    SUPERAÇÃO GUERREIRO, VC É FORTE PACAS !!! GRANDE ABRAÇO E PARABÉNS !!!!

  • Karinne Vanessa  says:

    Olá Eduardo!!
    Isso acontece mesmo, o importante que você está pronto para encarar novos desafios.
    Força e bons treinos ai.
    Olha, criei um blog, estou iniciando agora. Depois visite-o e seja meu seguidor também, já estou te seguindo.
    Adorei seu blog, bem elaborado!
    Abraço, Karinne.
    link: corridapraquetequero.blogspot.com

  • Anonymous  says:

    Eduardo!!!
    Lendo seu post, fiquei mais motivada a treinar para chegar nos meus 21 km. Afinal ainda estou tentando superar meus próprios tempos e os do meu irmão nos 10km!
    Minha maior vontade é chegar nos 21!
    Comecei um treino semana passada, vou aumentar aos poucos….fiz 14km e não estava muito preparada, sem água, sem carbogel…mas fiquei legal…
    Meus parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!

    Muita força,
    Camila

    link: http://run2b.com.br

Deixe seu comentário ...