Antes tarde do que nunca … mas por ai …

Olá Amigos e Amigas, há algum tempo que não passo por aqui, mas muita coisa bacana tem acontecido, algumas boas provas, surpresas muito agradáveis e a volta da equipe o nosso “Quarteto Fantástico” Amigos que correm comigo no Estadão.
Neste tempo todo participei de um super trial teste e de duas provas , mas com certeza o trial teste foi algo inesquecivel, pois tive a honra de usar o que há de melhor em tecnologia Running em termos de tênis de corrida, fui convidado de forma inusitada pela Agência Garage que cuida do marketing da Mizuno para colocar a prova o novíssimo Mizuno Wave Profhecy, a principio o convite dizia a respeito de um #trial teste que prontamente aceitei, afinal de contas um convite como esse não se dispensa, podemos dispensar almoço com a sogra, churrasco com o cunhado chato, mas dispensar a Mizuno nem pensar, mas a forma inusitada foi que o convite foi feito apenas com um dos pés do Mizuno Wave Profhecy e o convite era bem explicito “Venha Buscar o outro pé ” neste dia encontrei a super galera @mizunobr @barbosa_claudio @JRRColucci @antoniocolucci @CarlaoCaninha44 @skyaline @danielcruzjr @simanocchioe e tive a chance ainda de treinar com a equipe Ztrack e conhecer pessoas incríveis e contando o fato do #trial teste ter rolado em um sábado (27/08/2011) na USP, algo que por si só já estimula a corrida.
Bem creio que minhas impressões sobre o tênis e toda sua tecnologia podem ser bem definidas através do super vídeo que fizemos após o #trial Test.

Parabéns a Mizuno por este super lançamento um tênis sem igual, que melhorou meus tempos e de fato me trouxe a sensação quase que simbiotica !
 
E após o #trial Test da Mizuno fui colocar a prova o meu novo Mizuno Profhecy nos 10km da Corporate Run – São Paulo  que rolou em 11/09/2011 na Cidade Universitária – USP.

Uma corrida corporativa que visa integrar os funcionários e incentivar os bons hábitos através da corrida de rua, as equipes do Jornal O Estado de S. Paulo, estavam bem mescladas entre iniciantes e os mais experientes, mas todos dentro do espírito que toma conta  quando estamos na arena de uma prova.

Arena Corporate Run | São Paulo

A equipe nº 02 do Grupo Estado com seus integrantes fecharam os 10km com André Ruperez (00: 57:03), José Nilson (00:52:40), Maurício Martins (00:56:14) e Eduardo Acacio (00:52:42), tive ainda a honra de correr novamente com meu amigo ultra Joka, um cara sem igual na humildade e gentileza!

Ultra Joka e Equipe Estadão

E na semana seguinte á Corporate Run, no dia 18/09/2011 tive a honra de me reunir ao quarteto fantástico novamente, na 19ª Maratona Pão de Açúcar de Revezamento, umas das provas tradicionais em São Paulo que reuni mais de 35 mil atletas de todo o Brasil, e que prova que com organização que é sim possível reunir um grande número de pessoas em um único local.

Nossa equipe mais uma vez composta por Eduardo Acacio, José Nilson, Mauricio Martins e Alessandra Mirra se superaram nas expectativas para a prova, e mostraram que amigos de verdade sempre estarão juntos nas corridas que virão pela frente, e como sempre arrumei minhas tralhas um dia antes da prova e novamente corri de Mizuno Profhecy e cheguei bem cedo ao local da prova visto que para estacionar se torna uma verdadeira maratona contra os flanelinhas e na busca por um local “seguro”.

A prova como sempre bem tumultuada mas muito bem organizada com postos de água gelada de “verdade”, e como sempre com as grandes empresas incentivado seus colaboradores a saírem do sedentárismo  uma iniciativa que poucas empresas no Brasil tomam. A largada da prova como tradicionalmente teve seu pequeno atraso mas nada demais, e como sempre a largada muito tumultuada e um tanto complicada pois com atletas de todas as distancias largando junto e estratégias de provas diferentes e inevitável a confusão dos mais rápidos com os mais lentos.

No decorrer da prova o ponto tradicionalmente mais complicado é a subida da Rubem Berta, mas para quem já tem experiência sabe dosar as passadas para não sofrer e é lá que vemos que são os iniciantes em corridas e aos quais presto meus parabéns!

Fechamos a prova em 04:06:58 com as parciais de :

Bem agora resta seguir adiante eleger algumas provas para encerrar e enterrar o ano de 2011 e já começar a pensar e treinar para as provas de 2012, que com certeza serão muitas e as quais me trarão muitas alegrias, quero aqui dar meus parabéns ao grande Murilo Grossi que me enviou um par de cadarços Elásticos para um teste de campo, e posso afirmar que é uma ideia sem igual que facilita a vida do corredor, que não tem que se preocupar com o cadarço solto e ao mesmo tempo funciona como um sistema de compressão dando conforto no momento da corrida visto que nossos pés sempre incham durante a corrida e sabemos que um cadarço apertado demais pode trazer sem duvidas grande desconforto e até mesmo a desistência da prova.

Eu usei, testei e aprovei algo feito por um corredor para corredores !
Amigos e Amigas desejo uma ótima semana a todos cheia de sucesso e realizações e muitos treinos repletos de superação e satisfação, Deus abençoe a todos !
Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

3 Comentários para Antes tarde do que nunca … mas por ai …

Deixe seu comentário ...