Bye 2013 ! Borá para mais 365 dias !

Meu Deus e lá se foi o ano de 2013, para mim em especial um ano bem “treze”, muitas coisa boas e algumas bem ruins aconteceram no decorrer do ano que passou, mas como diz minha mãe: “Deus nos dá os dias ruins, para que possamos dar glórias pelos dias bons!

Mas para encerrar este ano “treze” nada melhor que fechar com chave de ouro, na verdade nos corredores somos movidos por desafios, sabemos da muvuca, sabemos da desorganização, sabemos dos sem noções e sabemos que acima de tudo vai ser uma festa e por isso eu e outros “25.000” corredores fomos para a Corrida Internacional de São Silvestre, minha 7ª participação em uma prova que sempre eleva os batimentos e que a cada ano nos reserva bons momentos de conhecer pessoas fantásticas as quais somente conhecia pelas redes sociais e de correr com amigos que sempre estão conosco nesta corrida da vida!Medalhas de São Silvestre

Em seu segundo ano com a largada pela manhã a 89ª Corrida de São Silvestre, teve seu recorde de participantes oficiais 27.500, mas o fato era que haviam pelo menos 30.000 corredores e pagadores de promessa na avenida Paulista na manhã de 31/12/2013. E após encontrar os amigos e amigas Laina Saurin, André Ribeiro, Ivana Vallada, Ademir Ferreira e Claudio Garbi, fui me aventurar a usar o temível sanitário químico ou a porta do inferno, sinceramente não sei quem são os seres pensantes da organização, em 2012 tivemos o lançamentos de kit pós prova e medalhas e em 2013 “organizaram” as retiradas das medalhas e fizeram “merda” dispondo os “químicos” em meio a concentração para a largada e literalmente jogados nas ruas laterais da Avenida Paulista uma zona!

Após enfrentar o inferno do sanitário químico, e me encontrar com meu amigo José Nilson fomos achar um local para aguardar a largada, bem próximo de nós o homem “noiva” e algumas figuras ilustres da São Silvestre. E as 09h00 foi dada a largada, mas somente começamos a caminhada cerca de 15 minutos após a musica Carroagens de Fogo, para variar já era possível identificar quem são os corredores e os pagadores de promessa, gente que nunca treinou na vida, com suas bermudas de surfista, bermudas jeans e meias de algodão que querem mostrar ou provar algo para as namoradas, esposas, namorados, maridos e afins saem empurrando as pessoas e antes da Avenida Doutor Arnaldo estão se arrastando, uma resolução para essa galera em 2014, “Treinem!”.

Pagador de Promessas na São Silvestre

O fato é que tinha muita gente, e das quais 30% na descida para o estádio do Pacaembu já estavam caminhando, e ficar desviando de turminhas e de caminhantes cansa muito mais que manter uma linha de corrida, somando-se a isso o calor intenso conseguimos manter um bom ritmo, mas a chuva que poderia dar um alento sumiu, e o sol começo a arder de tão forte e impetuoso, e com isso o desgaste começou a bater, e para piorar a água dos postos como sempre estava para ferver milho de tão quente, e ao invés de rato olhe o que eu achei!

O único refresco veio da equipe da Gatorade na avenida Rio Branco, que por competência distribuiu o isotônico mega gelado, por tanto organizadora da São Silvestre peça a receita para a Gatorade de como manter sua água gelada!

Gatorade Gelado Copa do Mundo 2014

Mas este ano eu estava muito mais motivado e inspirado que em 2012, e ainda mais inspirado por estar encerrando o ano com meu amigo de corridas. O percurso ficou bem mais rápido e agradável, mas em São Paulo sempre teremos surpresas, moradores de rua da cracolândia caminhando no sentido contrário dos corredores, e no largo do Paissandú uma destas figuras de Sampa agitava seu litrão de cachaça 51, para os corredores e daí virou festa de vez, e em frente ao teatro municipal um corredor dava uma de Anderson Silva com um morador de rua que visivelmente estava embriagado, coisa de sem noção!

Novo Sabor Gatorade

Chegamos a temível subidinha do largo São Francisco, que subidinha maldita! E logo ali na esquina já era possível ver a Brigadeiro Luis Antônio, já estávamos perto do fim da São Silvestre, o negócio agora era manter o ritmo e terminar bem sem loucuras, e passando o viaduto 13 de maio, ai sim a emoção começou a palpitar, apenas a pouco mais de três ou quatro minutos, iriamos dobrar a esquina da Brigadeiro com a Paulista, e correr para o abraço, para mim encerrar 2013 correndo, foi tudo de bom, pois no começo do ano meu ortopedista havia me proibido de correr e que minha lesão somente seria resolvida com a cirurgia, bem uma coisa é certa para Deus nada é impossível, terminei a prova chorando e agradecendo a Deus, Nossa Senhora de Aparecida e ao nosso senhor Jesus Cristo, por terem sido meus pacers nesta recuperação!

Vamos em frente, pois temos 365 dias para fazer, acontecer, acreditar, conquistar e lutar, para mim será o ano da retomada de tudo que deixei de fazer em 2013, desejo a todos 365 dias ótimos e abençoados em 2014!

Sucesso Sempre!

2 Comentários para Bye 2013 ! Borá para mais 365 dias !

  • Jorge Ultramaratonista  says:

    Fala Dudu, bom dia camarada 7 SS no Curriculo show hein, me diga uma coisa o percurso voltou aquele que era ante quando a largada era dada as 15 horas para as mulheres e 17 horas para os homens? Parabéns fera, que Deus te abençoe e te ilumine com muita saúde e muitos Kms a correr.

    Bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    http://www.jmaratona.com

  • moisés mesquita  says:

    Gostei muito legal o seu comentário ,bom nunca corri pois pesava 125 kilos mais dezembro de 2013 pasei mal fui no medico e ele me falou se eu não fizer uma dieta que eu iria morre .fui no nutricionista e procurei uma academia e comecei a toma remédio de pressao com quatro mês fiz um novo exame e estava melhor paraíso de toma remédio pressao controlada comecei a imacrece foi incrível .sempre assistir a são silvestres . Trenei muito e esse ano vou correr . A agradeço a Deus pela segunda chance .qual foi seu tempo na prava ? Você sabe até que tempo o atleta ainda recebe medalhas de participação ? Um abraço fica com Deus

Deixe seu comentário ...