Cada Corrida uma História e um novo Desafio …

Neste final de semana (12/09/2010) participei da 7º Meia Maratona A Tribuna – Praia Grande em minha 10ª Meia Maratona, esta prova entrou em meu calendário pela chance de um bom passeio com a família no litoral e também por deixar o stress de lado e claro poder participar de uma prova bem organizada.
Consegui descer a Serra já na sexta-feira de madrugada pela Rodovia dos Imigrantes quase que sozinho, cheguei por voltas das 07h00 na Vila Tupi, passei na padoca comprei uns pãezinhos bem torradinhos e a famosa mortadela Ceratti, tomamos aquele bom café da manhã enquanto isso o sol fazia uma força enorme para sair por de trás das nuvens, mas mesmo assim logo após o café e desfazer as malas fomos à praia, pouca gente reuniu coragem para entrar na água fria, mas criança não se intimida com essas pequenas coisas e fazem a festa de qualquer jeito.
Aproveitei e claro dei um descanso na sexta-feira e sábado, aproveitando o sábado para dar boas braçadas e tirar o branco inverno, no sábado a noite fiz todas as rotinas pré prova, carboidratos, hidratação e tudo aquilo que manda a regra, a única coisa foi um sono intranqüilo com medo de perder a hora da prova e também pelo colchão duro.
Saímos da Vila Tupi as 06h45 e antes das 07h00 estávamos na concentração da prova, retirei o kit e fui procurar a galera, conforme havíamos marcado antes, tive o prazer de encontrar finalmente meu amigo Joka um ultramaratonista de primeira linha, com um senso de humor sem comparação, e neste encontro tive mais uma honra de conversar com o Ultra Ary e até trocar umas dicas sobre hidratação em provas de longa distância.
(Joka, Eu e o Ultra Ary)
E logo após meu amigo-compadre e coelho Mauricio chegou com sua esposa, e em idas e vindas vi algumas pessoas dentre elas a Claudinha e a galera que tinha marcado de se encontrar por lá.
 (Eu, O Palhaço e o Coelho Maurício)
A largada deste ano rolou as 08h30 dando um alívio para o clima quente e com sol que mostrava que viria para rachar asfalto, com cerca de 1.000 atletas para os 21,197 metros fomos para o desafio, mantive o pace médio de 05:10/km, sabendo que a prova seria dura e que o clima quente é meu calcanhar de Aquiles.
(Minha chegada com a mão na coxa)
E fui assim até o 13 km, vendo pelo caminho alguns atletas de ponta ficando pelo caminho por conta do forte calor, quando comecei a sentir uma dor até então nova para mim, dores no peito e uma súbita fraqueza, naquele momento lembrei-me de alguns atletas que passaram mal em provas e que não tiveram o final esperado, e resolvi reduzir meu ritmo de prova, buscando preservar minha condição. 
E dentro desta nova situação não abandonei a prova, mas mantive um ritmo mais confortável e seguro, e até por conta desta redução no ritmo chegando no 18 km senti uma forte fisgada na coxa esquerda seguida de câimbras nas panturrilhas, terminei a prova com a mão na coxa buscando aliviar as dores, na chegada ainda encontrei o Herivelto, mas no estado em que eu me encontrava mau o cumprimentei, segui para a concentração e por lá já estava o meu amigo Mauricio – Coelho, que fechou a prova em 01h50 seu recorde na distância e superando todos seus concorrentes “quase” aposentados, digo quase, porque cada corrida uma história.

Parabéns Mauricio pelo excelente tempo e pelo sucesso e determinação você merece !
 
E o próximo desafio já tem data e hora, será na 18ª Maratona Pão de Açúcar de Revezamento neste domingo (19/09/2010), onde de forma inédita irei largar as 07h00 sendo seguido pela Super Equipe  do Jornal Estadão: Mauricio, José Nilson e Vanessa.

E como não consigo ficar quieto…  quieto, eu ?!?
N U N C A !!!

Já no outro domingo (26/09/10) estarei participando da Meia das Pontes, onde espero que tudo corra muito bem e que também tenha a oportunidade de encontrar os amigos, pois é muito legal poder conhecer pessoalmente as pessoas que me acompanham dia a dia no  Blog e que sem dúvida nenhuma fazem parte da minha história como corredor.

Desejo uma semana de muito Sucesso a todos !!!!
Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

10 Comentários para Cada Corrida uma História e um novo Desafio …

  • Antonio C R Colucci  says:

    Boa Edu!
    Parabéns por mais uma 1/2!
    Eu preciso voltar para PG que eu tenho um desafio com o cheiro de fritura(coxinha/camarão) na orla;
    Quem sabe 2011?
    Abraço

    Colucci – #ColucciNos600k
    @antoniocolucci
    com +1 blog: http://coluccinos600k.blogspot.com

  • Anonymous  says:

    Apesar de alguns contratempos nessa meia Dudu eu lhe parabenizo por mais um feito, mais uma superacao que vc venceu, ainda bem que vc usou a cabeça e reduziu o ritmo com isso vc conseguiu terminar a Meia…Tá ficando especialista em Meias em a 10a…Parabéns…Legal que conheceu o Joka e o Ary.

    Boa semana e boa preparação para o Revezamento Pão de Açucar.

    Um abraco,

    Jorge Cerqueira
    http://www.jmaratona.com

    PS: DESCULPAS AE AS PALAVRAS SEM ACENTO O TECLADO AQUI FICOU DOIDO…RSSSS

  • elis  says:

    oi, eduardo!!!

    parabéns por mais essa conquista!
    essa meia foi um sucesso mesmo! não estive lá, mas pelos relatos que li, parece que o calor foi o grande vilão do dia rsrsrsrsrs

    puxa, já na 10ª meia!!!!
    parabéns!
    a medalha é linda… e as fotos ficaram ótimas!

    http://elismc.blogspot.com

  • Rinaldo  says:

    Olá Eduardo,

    Parabéns, não só pela prova mas pela batalha contra o clima e as dores! Corrida legal, mas deveria ter começado um pouco mais cedo, não é?

    A gente se vê nas próximas!

    Claudio Rinaldo
    http://numerodepeito.blogspot.com/
    http://cicloviadigital.blogspot.com/

  • Anderson Consenzo  says:

    Boa, Edu! Sempre mandando ver muito bem!

    Abraço

  • Joka  says:

    Uhuuuuuuuuuuu…Salve guerreiro !!! Foi bem legal essa prova, pena que agente não se trombou no final, mas relax…rs Lendo seu post, vi que vc foi ultra guerreiro, essas coisas acontecem, não tem jeito. Parabéns Edu e bora p/ o proximo desafio boa prova amigão.

  • Claudia  says:

    oie !
    Foi vc que sumiu dali… mas confesso q estava toda atrapalhada, não sabia onde guardar as coisas…
    Também não passei bem, no 16 quase desmaiei e acabei andando e trotando até o final.
    me aguarde na próxima !!! rsrsrs
    bjão
    Claudinha

  • CORREDOR SANTOS 40  says:

    Parabéns Eduardo, essa prova é difícil mesmo..

    O vento contra atrapalha bastante..

    Nos veremos na Maratona PA..

    Grande abraço….

  • Daniela Barcelos  says:

    Parabéns Eduardo por mais uma corrida conquistada em meio a tantas dificuldades. Mas tudo isso faz parte desse nosso esporte, são os desafios que ele nos proporciona que nos torna cada vez mais fortes.
    Domingo também estarei participando da Meia Maratona de revezamento.

    Um grande abraço e bons treinos!!

  • tutta  says:

    Olá Edu, tudo bom?
    Parabéns pela prova e pela atitude que você tomou ao sentir as dores no peito.
    O certo é reduzir o ritmo memso ou em certos casos até parar.
    No ano passado senti dores no peito no km 38 da Maratona de Foz do Iguaçu, e não pensei duas vezes, terminei os últimos 5km caminhando.
    Temos que cuidar da nossa integridade física sempre.
    Vida, temos uma única, provas, temos sempre que quizermos.
    Abraço e tudo de bom pra você.

    tutta/ubiratã-pr
    http://www.correndocorridas.blogspot.com
    Twitter: @tuttacferreira

Deixe seu comentário ...