Chegadas e Partidas …

O que inspira as pessoas, geralmente são símbolos, pessoas, musicas, imagens e situações, a inspiração vem quase em um estalo, quando vemos estamos imersos em uma sensação de bem estar e uma vontade intensa de realizar aquele desafio ao qual fomos inspirados.


Estou a cerca de pouco há pouco mais de um mês frequentando uma nova academia, percebi logo de cara e pelas camiseta que muita gente participa de provas de corrida, muito inspirador e motivador estar em meio a pessoas que tem a mesma paixão que você.


Mas querendo ou não acabamos percebendo que somos observados pelo demais, mas seguimos a diante, e nestas semanas de treino tenho observação um movimento muito interessante, logo ali nas esteiras ao meu lado, por diversas vezes durante meus treinos que vão de 10, 12 ou 15km antes da natação, percebo que muitas pessoas tentam me acompanhar quase que em um disputa ou uma prova, alguns chegam quase que voando e chegam com velocidades absurdas e logo depois de 5 minutos já estão segurando nas barras laterais e vão embora, outros chegam caminhando e começam a correr e com o canto do olhos ficam medindo a velocidade em que estou e tentam seguir no mesmo ritmo, mas depois de dez minutos logo começam a caminhar e vão embora.

Em uma destas disputas não oficiais, o cara chegou com toda a pinta de super corredor, alongou, começou com um trote leve e colocou um ritmo de 10,6 km por hora, e sempre de olho em minha velocidade que estava em 11,5 km por hora, depois de cinco minutos ele elevou a velocidade para para 11 por hora e começou a ficar ofegante, sinceramente fiquei preocupado.

Mas ele não queria dar o braço a torcer e começou a fazer tipo, se alongando enquanto corria, quase batendo o braço em minha cabeça, sem noção total e querendo tirar minha concentração, quando percebi que ele queria fazer uma média comigo e eu perto do final do treino e ele correndo a cerca de dez minutos, elevei a velocidade para 13km por hora, o cara simplesmente olhou parou a esteira e foi embora meio que bufando, situação hilária.

Francamente eu prefiro ter alguém correndo ao meu lado isso me motiva demais, ao longo do meu treino pelo menos umas 5 pessoas chegam e logo partem meio esbaforidas, em apenas uma ocasião tipo uma boa companhia, o cara chegou encaixou o ritmo de 12,5 km por hora e foi embora.

Mas ontem (17/05/2012) percebi que sem querer estou motivando as pessoas, pois um senhor que chegou ao meu lado fez um trote leve e logo parou, antes da aula de natação puxou conversa comigo e disse que eu corria muito, que eram poucos que ficavam ali por mais de uma hora correndo é que ele começou a me observar e se inspirou a começar a correr e que esperava um dia chegar a ter meu fôlego, dei risadas e lhe disse que todo mundo pode correr basta apenas ter paciência para alcançar seus objetivos.


E depois de uma conversa muito motivadora e inspiradora, lá fui para minhas braçadas e estrear meu novo companheiro de treinos, um mp3 a prova d água, que estava paquerando já há algum tempo pois sentia muita falta de uma power song dentro da piscina.


E posso afirmar a sensação é maravilhosa, tive a impressão de estar em um sonho, e nadar ouvindo música dá uma energia sem igual!


Agora vamos em frente buscando a velha e boa forma e que Deus esteja sempre com todos nós e que possamos sempre motivar a todos ao nosso redor sem frescura ou se achando mais que os demais !


Sucesso Sempre !

Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

9 Comentários para Chegadas e Partidas …

  • Guilherme Preto  says:

    Olá Eduardo….essas disputas de academia realmente acontecem, não sou fã de esteiras, aliás já faz tempo que não subo em uma, mas na época que frequentava academias cansei de ver situações parecidas com esta acontecerem….como você disse é hilário!!!

    Motivar outras pessoas a começarem a correr é realmente uma sensação muito boa. Desde que comecei a correr e publicar minhas experiências no Blog, já recebi inúmeras mensagens de amigos dizendo que começaram a dar os primeiros trotes depois de ver minhas histórias….fico orgulhoso com isso e me motivo ainda mais pra ir cada vez mais longe.

    Um Abração e Boas Corridas.

    Guilherme
    http://corrervicia.blogspot.com

  • Karinne Vanessa  says:

    Que gostosa sensação hem??? Isso ai!
    Não se preocupe porque estamos sempre rodeados de pessoas desmotivadas e que não querem nosso crescimento… siga em frente e vá levando boas energias para os que estão com você, assim como eu.
    Abraço, Karinne.

  • Ricardo Hoffmann  says:

    Que louco esse mp3!! Deve ser uma sensação bacana! Continue inspirando gente ai!! abs

  • Helena - Floripa/SC  says:

    Oi, Eduardo.
    Excelente post. Tbem percebo esta “prova” silenciosa na academia. Acho que por ser mulher acabo sendo ainda mais subestimada. Algumas vezes falo numa boa quando a pessoa está querendo fazer média “olha, se você pisar mais no meio da esteira vai cansar menos pois vai abrir mais a sua passada”. Quebra-se o gelo e ganhasse um colega de corrida.
    Mas, ironias a parte, é muito bacana incentivar o próximo. Seja através do blog, na academia ou no trabalho.
    Força nos treinos!!

    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com
    @correndodebem

  • ivana.  says:

    rsrsrs … já percebi esta situação, também … incrível como a ‘disputa de beleza’ acontece até na esteira, né ?? E parabéns pelo treino de 11,5 na esteira …manter este ritmo não é pra qualquer um … Meu carinho.

  • Neila Carvalho  says:

    Olá Eduardo. Adoro seu Blog. Encontrei quando comecei a ler sobre corrida. Estou ainda nos primeiros passos… faço apenas trote de 8 km/h por 25 minutos. Ainda estou bem no começo mesmo. E histórias como a sua me inspiram. Ainda não encontrei na academia ninguém que corra de verdade. Mas no dia que eu ver será uma inspiração. Acredito que aconteça isto, principalmente entre os homens, não é. Beijos. Ah, muito legal seu MP3.
    http://www.feliznamedidacerta.com

  • Alan Nardi  says:

    E aí Eduardo, blz?

    A galera, a princípio, acha que é fácil correr, mas quando sentem o contrário, desistem facilmente. Sabemos que corrida é disciplina, persistência e força de vontade, especialmente pra quem quer começar a praticar este esporte. Na academia que frequento muita gente acha loucura ficar correndo na esteira, mas tem sempre alguém que se “inspira”.

    Abraço,

    Alan Nardi
    alanrunning.blogspot.com

  • Joka  says:

    Karacas, irado nadar ouvindo um som…kkkk Muito bom o post guerreiro, bons treinos !!!

Deixe seu comentário ...