Correr uma Maratona com Responsabilidade …

O que é correr com responsabilidade uma Maratona? Esta é uma pergunta recorrente, que nos remete em quando fazer uma maratona? Qual o momento certo? Quanto devemos treinar? Pessoalmente creio que segui um caminho que muitos dizem ser o correto, comecei a correr em 29 de janeiro de 2006, e até aqui já se foram 75 provas dentre elas, trinta e quatro provas de 10 km, cinco provas de 15 km, quatro provas de 21 km e uma Maratona, sem contar os treinos aos finais de semana que nunca ficam abaixo dos 15 km.

É claro que cada pessoa tem seu nível de resistência e a consciência de seus limites, porém promover publicamente algumas pessoas que nunca correram em sua vida ou que nunca passaram dos 5 km de caminhada pode ser perigoso, claro que essas pessoas tem todo suporte de médicos, treinadores,
nutricionistas e tudo que se pode imaginar, muito diferente da realidade da grande maioria dos corredores brasileiros, inclusive de atletas profissionais.

A proposta de levar pessoas que nunca correram a participar da Maratona de São Paulo 2009 é da Rede Globo que esta patrocinando uma disputa entre as equipes Fôlego e Vida Corrida, porém essa disputa por ser publica pode motivar pessoas que nunca correram a participar de uma prova de 42 km, mesmo com todas as orientações de procurar seu Cardiologista, Nutricionista, Treinadores enfim estar muito bem preparado, essa rotina básica sabemos que poucos o fazem ou que tem condições financeiras de fazê-lo.

E por vez ou outra vemos em provas de menor distância atletas mal preparados passarem por algum tipo de mal súbito e ficarem pelo percurso, e principalmente para quem já correu uma maratona sabe que o 30 km é onde os homens e mulheres se separam das crianças, alias é onde ocorre o maior índice de quebra daqueles que encaram uma maratona.

Portanto deve-se avaliar qual a repercussão de motivar o publico em geral a encarar uma Maratona e pontuar nessas condições em menos de seis meses correr uma maratona é Aventura, Desafio ou Loucura!

Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

7 Comentários para Correr uma Maratona com Responsabilidade …

  • Pati Gomes  says:

    Oi, Eduardo, tudo bom?
    Acho que a intenção do blog é honrosa, mostrar como as pessoas podem mudar de vida, se tornarem mais saudáveis com a prática da corrida. Acredito, também, que haverá o cuidado de se mostrar os cuidados médicos necessários e o treinamento adequado. Mas, por ser um veículo de comunicação de massa, há o perigo da informação ser mal interpretada.
    E qual nosso papel nesse processo? Mostrar àqueles que conhecemos e que animarem a começar a correr, que o caminho não é tão simples quanto parecerá.
    Abraços!

  • Mayumi  says:

    Pois é…bota aventura nisso! Se mesmo com preparo adequado, pode acontecer imprevistos, imagine sem preparo adequado! Quanto ao tempo de preparo, acho que isto difere de pessoa para pessoa. Mas sempre é bom consultar os especialistas, né? Bons treinos!

  • joaquim adelino  says:

    A Maratona é uma coisa muito séria.
    Eu tenho por hábito não incentivar as pessoas a fazer a Maratona. Apoio quem eu sei que está preparado para as fazer, ou pelo manos tentou e fez o possível para se preparar e concuí-la sem problemas de maior.
    Para se fazer uma Maratona pela 1ª vez qualquer atleta deve passar pela experiência de fazer 1º uma Meia Maratona e fazer de seguida uma auto análise ao seu estado fìsico e depois racicionar se é capaz de repetir a dose. É verdade que não é a mesma coisa porque quando se corre para uma Maratona não se deve pensar na Meia Maratona, mas para isso ser assim o plano de treinos para a Maratona tem de ser muito exigente no que diz respeito ao nº de kms a efectuar na preparação.
    Então, após estes pressupostos não tenho dúvidas em aconselhar toda a gente a experimentar a aventura que é completar uma Maratona.
    Amigo, um abraço.

  • André Cruz - Xampa  says:

    Eu acho que além do preparo, tem que haver uma evolução gradual, correr bem os 5, depois os 10, depois os 15, depois os 21 e aí sim, pensar em uma maratona. Hj, eu digo que só vou pensar daqui a dois anos.
    A minha primeira meta é correr os 10KM perto dos 50 e com um batimento sobre controle.

  • Nadais  says:

    eduardo,

    eu sou a prova viva que a preparação que tanto falam, vai muito muito mais da ‘mente’ que do corpo.

    comecei correr nov/2006, fazia 10km 55m e sempre acabava quebrado ou andando.

    fui para primeira maratona poucos meses depois e me chamavam de ‘louco’ e não foram poucos.

    esse negócio de que é difícil, impossível etc etc etc é muito relativo.

    acabei a maratona de sampa 2007 em mais de 5 horas, caiu tres unhas do pé e fiquei 3 dias todo torto.

    tenho alunos que enfrentam mais de 2 horas de condução para ir ao trabalho depois vão para a faculdade assisitir aulas.

    é uma vida difícil e me espelho MUITO neles.

    nem a globo nem as ‘assessorias’ de corrida estão certas.

    como digo na sala de aula e no escritório:

    – cada caso é um caso.

    valeu!

    nadais

  • João Meixedo  says:

    Bom, correr com responsabilidade uma maratona …………. só se sabe no final 🙂

  • Luciane  says:

    è isso mesmo. Costumo dizer que as pessoas perdem um pouco a noção quando começam a correr. Correm 10km e acham que correr uma meia tb é fácil.. correm uma meia acham que correr uma maratona é fácil…Mas não é assim não. São distãncias totalmente diferentes. É bem verdade que em todas elas, é necessário um acompanhamento médico, mas para sair por aí e correr uma maratona não é preciso um par de t~enis e vontade como muitos dizem não. O buraco é mais embaixo. Eu costumo dizer que não morro sem correr uma Maratona, mas ainda não me sinto preparada embora já tenha articipado de 4 meias e 1 de 30km pela areia…afinal são 12km a mais..
    É bom alertar mesmo e o assunto não é nem um pouco cansativo…pois vira e mexe estamos ouvindo ou lendo sobre alguém que morreu numa dessas provas.

    abraços

Deixe seu comentário ...