Desafio dos 75k de Bertioga-Maresias com muito Sol …

Neste sábado (29/05/2010) participamos dos 75Km da Maratona de Revezamento Bertioga – São Sebastião – Maresias | 2010, uma prova cheia de desafios o primeiro deles é o fato de acordar às 03h00 da manhã em um sábado para podermos chegar às 06h30 em Bertioga onde é dada a largada às 07h00 da prova dos Ultramaratonistas que vão para os 75k, dos trios, sextetos e nonetos.
Com tudo organizado botamos os pés na estrada seguindo pela Rodovia Airton Senna e pelas curvas da Mogi – Bertioga, chegamos às 06h30 da manhã em Bertioga local muito maravilhoso e o sol já dava as caras, um prenúncio do que teríamos durante os 75Km da prova.
(Super Equipe Marco, Donald e Eu)

A largada dos trios foi dada às 07h15, e o clima ainda estava bem fresco em torno dos 17 graus, e lá fui para os meus primeiros 10,8km dos 27km que teria pela frente, um trecho sem muita emoção uma reta quase que interminável, assistindo o belo amanhecer no litoral uma ótima inspiração para correr, mantive um bom ritmo de 4:50 a 5:00 por km, mas dai lembrei que teria ainda muita coisa pela frente e reduzi meu ritmo para 05:30 por km, pois sabia que lá na frente com o sol subindo a coisa iria ficar mais difícil!


Em meu segundo trecho também não tive tantas dificuldades mas o corpo já dava sinais evidentes de que o terceiro trecho seria algo penoso em função do sol de quase meio dia. E no terceiro trecho já com o calor em torno dos 25 graus e com fortes dores nos joelhos e o princípio de cãimbras em função da areia fofa e das ondulações de piso, fui para fechar os 27km no princípio o trecho começou de forma tranquila, mas lá pelos 5km a coisa começou a mudar de figura com um forte aclive que naquele momento parecia interminável, chegando ao topo tive uma visão maravilhosa do litoral algo que me deu mais motivação para concluir o trecho, e no momento da descida vem a pergunta: O que é pior, subir? ou descer? na descida parecia que meu joelho direito iria pular fora, tamanha era a dor somada as cãimbras, mas quando chegou o trecho final de areia mantive o ritmo que o corpo permitia sem loucuras. Passei o chip para meu amigo Donald e com dores cada vez mais fortes, mesmo usando como parte do kit duas cápsulas de ADVIL fomos para o carro de apoio que alívio sentar com a sensação de desafio concluído, indescritível e sensacional!

Sem dúvidas com o clima seco a prova ficou mais tranquila e menos pesada, mas nem por isso fácil, o primeiro trecho relativamente fácil foi tranquilo, mas o fato de correr e parar, e depois voltar a correr vai corroendo a resistência, fazendo com que os trechos seguintes se tornem um verdadeiro desafio de superação e determinação! E a camiseta deste ano novamente muito sugestiva com a frase “Dá licença que eu tô passando…” muito motivadora rsrs… E adivinhe quem estava lá no posto de troca número 8? ele o super Ultramaratonista que dava um merecido descanso após mais de 40km ao lado de seu copinho de água… Logo após a transição entre o Donald e o Marco, pegamoso carro de apoio e fomos para a chegada em Maresias, e no caminho cruzamos com vários atletas em seu desafio pessoal da subida da Serra de Maresias, uma subida com cerca de 2km de pura determinação! Chegamos em Maresias e fomos para a chegada aguardar a passagem do Marco para concluirmos os 75Km de uma das provas mais duras e belas com o fator Sol, todos os trechos tiveram sua dificuldade aumentada , mas graças a Deus concluímos e muito bem com 06:39:30 e conquistamos a nossa segunda medalha de Prata em minha 99ª prova!!! Corri meus dois primeiros trechos usando um par de meias da marca Lorpen que me surpreendeu pelo conforto e por aspectos fundamentais em uma prova longa como essa, onde enfrentamos areia, lama e muita água salgada pelo percurso.

Em momento algum dos mais de 18km a meia ficou encharcada, encheu de areia ou provou algum desconforto do tipo bolhas, mas muitos podem até pensar “loucura usar algo desconhecido em uma prova tão dura” mas senti firmeza na qualidade muito acima das que temos no mercado, recomendo e aprovo esse produto que mostrou ser de extrema qualidade e confiança, agradeço ao amigo Marcus da PROATIVA por me colocar em contato com esse magnífico produto.

Agora vou me preparar para o próximo desafio, onde completarei a minha 100ª Prova !!!

Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

12 Comentários para Desafio dos 75k de Bertioga-Maresias com muito Sol …

  • Claudinha  says:

    Legal Edu !!!!
    Parabéns por mais um desafio cumprido…
    Não consegui os 25k, mas continuarei treinando…
    bjão

  • Marluce Fagotti  says:

    Parabéns Eduardo, por mais esta conquista! Que luta essa sua com as dores e as caimbras, mas a ajuda vem de todo lado, pricipalmente Daquele que fez a paisagem maravilhosa para te inspirar. De novo quero elogiar a forma com que dispõe as imagens no seu texto, elas fazem parte dele! E quanto as meias já vou procurá-las por aqui para testá-las, as danadas das bolhas estão querendo grudar em mim. No agurado da 100ª prova.
    Abraço, Marluce
    http://www.marlucefagotti.blogspot.com

  • Fábio Namiuti  says:

    Parabéns, Eduardo, por essa bela prova e pelo desempenho, seu e dos seus companheiros de equipe. Curta bastante esse momento especial que é o de completar a 100ª prova.

    Abraço,

    Fábio

  • Edu  says:

    Parabéns Edu
    Rumo ao 100º Desafio com forca total!!
    Abs,
    Edu Rocha
    @rocha_eduardo

  • Corre Guto  says:

    Grande Edu,
    Mais uma vez demonstrou seu total empenho pela corrida e maneira de viver. Mas que prova show de bola heim??

    Depois desta prova super campeã eu não poderia mais participar da liga dos Super Amigos (Yara, Edu e Correguto), agora sou um simples ajudante de um maratonista aventureiro nota 10!

    Fico realmente feliz quando vejo a alegria expressas em palavras, que animam qualquer corredor a se aventurar em provas como esta.

    Parabéns e um forte abraço
    Correguto

  • Wagner Castro  says:

    Parabéns Edu, pena que não nos encontramos por lá. Dessa vez não corri, fui de apoio.
    Eu já fiz os trechos 5, 7 e 9. Sem dúvida nenhuma o trecho 7 é o melhor, pela diversificação do trajeto e pela beleza. Mas o desafio do trecho 9, somado à emoção de fechar a prova é indescritível. Na próxima, tenta ficar em uma pousada por lá desde sexta a noite.
    Grande abraço.

    Wagner – @corronarua
    http://corronarua.blogspot.com

  • Joel dos Santos Leitão  says:

    Parabéns, Edu!
    Ao ler seu relato fiquei sentindo o seu sofrimento durante os momentos de dor… credo! Esse Advil deve realmente ser milagroso, pois o Edu também tomou lá em Porto Alegre quando sentia dores. Espero que se recupere bem e as supere. Forte abraço!
    @JoelMaratonista

  • Joka  says:

    Karacas parabéns a vc Edu e ao grupo. Em Outubro é nois novamente solo….Bora treinar Edu ahuuuuuuuuuu

  • Rê(nata)  says:

    Que desafio, hein vizinho?!
    O que mais gosto na corrida é a enorme persistência e garra que a gente encontra lá no fundo, quando mais precisa. E é isso que eu levo todos os dias como lição.
    Sempre dá mais um pouquinho, mesmo que a gente ache que não.
    Parabéns pela 99ª.
    E que a 100ª seja ainda melhor!!!
    @RunTucunduva

  • Jorge  says:

    Caro amigo Dudu que prova desafiadora hein, graças a Deus vcs conseguiram concluir, pelo que eu li no relato o seu trecho foi durissimo e com muita superação é isso ae amigo gostei de ver…Bom já que vc já correu ela 2 vezes no revezamento, agora pense para o ano correr essa distância sozinho amigão é para se superar vc irá adorar…Quer dizer que o cachorro também é Ultramaratonista também, correu o trecho com vcs muito bom…Legal que vc também recebeu a meias lorpen eu também recebi e gostei muito.
    Boa preparação para sua Centésima corrida e que venha a 100, 200, 300 e etc…

    Boa semana e bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    http://www.jmaratona.com

  • satrijoe  says:

    Grande Edu.
    Muita superação hein! Parabéns.

    A prova 99 foi especial. E qual será a #100?

    Ficamos no aguardo. Tchan-tchan-tchan-tchaaaaan!

    Abs,
    Shigueo

  • Abreutax  says:

    Grande Edu,
    Adivinha vou fazer essa prova em out/11 2 etapa vou com um sexteto. Estamos ansiosos e planejando td pois com 6 a logistica fica mais complexa…mais estamos com uma grande expectativa.
    Depois queria tirar umas dúvida vou te escrever
    Abs mestre

Deixe seu comentário ...