Do Desânimo a Reconquista da Alegria de Correr …



Posso dizer que após um período de ostracismo, meio que perdido e de quase abandono das corridas por conta de problemas que a vida nós impõe e outros problemas que nós mesmos criamos em nossa já turbulenta vida, voltei ao velho e bom ritmo de treinos, rotina louca e deliciosa de provas em todos os finais de semana.


Depois de um começo de ano que me desanimou bastante onde em uma prova de 10 km conclui acima de 01:00:00, duas meias maratonas acima de 02:10:00 e por fim a desistência em meio a maratona de São Paulo, tudo isso estava me encaminhando para a volta ao sedentarismo e aposentar-me da vida de atleta amador e de corredor de rua.


Aquela sensação era tão ruim que meu objeto de estímulo Garmin Forerunner 405, ficou um bom tempo sem ser carregado, e que em um dia pela manhã quando resolvi retomar as rédeas dos meus treinos e provas, eu quase havia esquecido como ele funcionava e cheguei a pensar que estava quebrado.


Mas não há mal que dure para sempre, se em um momento de minha vida fui capaz de me superar, poderia realizar o feito novamente e buscar aquela felicidade e alegria que fui capaz de menosprezar, uma alegria que não tem preço e que me faz feliz, e me motiva a treinar, correr, nadar e pedalar, e com a ajuda da turma do Snoopy dei uma breve ilustrada nesta fase de minha vida.






E esta Alegria e Confiança voltaram a me rodear, me deram mais motivação para seguir cada vez mais adiante em meus desafios como corredor de rua, mudei de academia, coloquei metas de treino em minha planilha, voltei a nadar e tudo isso só aumentou minha confiança e determinação.

E para mim a virada veio em uma prova nada comum, a corrida vertical que rolou em Sampa durante a virada esportiva no mês de julho, quando consegui correr 12 andares acima, em 00:03:14, foi muito bom me senti revitalizado e energizado.  Após esta prova encarei outras seis provas em distâncias de 6 km até 12 km, e o mais importante para mim, conseguindo manter o ritmo o qual havia treinado tanto para conquistar.



Mas as duas últimas provas foram especiais, pois em seus percursos havia um desafio á mais a altimetria diferenciada as famosas e às vezes cruéis pirambeiras morro acima, mas uma ótima prova tem que ter desafio, por mais acentuado que seja ao final sempre nos sentimos campeões olímpicos.


Na prova Track & Field Run Series – Shopping Cidade Jardim que rolou em (19/08/2012), fui convidado pela super  Caroline Naumann da Agência Ideal, para correr com a equipe do mega Hospital Israelita Albert Einstein, uma prova cheia de charme e requinte teve sua arena nos corredores do Shopping, bem diferente do que estamos habituados, com arenas ao ar livre e todas aquela movimentação que vemos.  A largada da prova que seguiu a linha da estrutura foi feita as 07h00 algo diferente para provas de 10 km, mas confesso que em um país tropical é um ótimo horário para a largada de provas.  E dada a largada seguimos pela marginal do rio Pinheiros por cerca de 1,5 km e logo veio a primeira pirambeira a subida da ponte estaiada, subimos e fizemos o retorno atravessando para a o outro lado do rio Pinheiros, seguimos por cerca de 3 km e retornamos rumo a ponte estaiada, mas agora com a estratégia na cabeça dei uma pequena segurada no ritmo para a pirambeira da volta, subimos a ponte estaiada e já era possível ver o Shopping Cidade Jardim e a chegada logo após um pequeno aclive, busquei no raspo do tacho aquela força além da imaginação para dar o Sprint final e fechei os 10 km em 00:52:25, para mim uma super prova e um ótimo tempo, revivendo meus bons tempos em provas.



Mas como teimosia é pouco, e com meu amigo Marco já inscrito, fui lá me inscrever paras os 10 km da VII Corrida Juventus Viva a Mooca que rolou neste último domingo (26/08/2012), a princípio meu amigo apenas me disse que havia uma ou duas “subidinhas chatas” até ai nada demais, seria um pequeno desafio e até imaginava em bater o sonhado sub 50, fomos para a região do Clube Atlético Juventus e no caminho já podia ver que as “subidinhas” não eram tão “chatinhas” e sim “chatas, íngremes e longas”, mas prova sem desafio não tem graça, tem que ralar para merecer a medalha ao final, por isso tenho feito treinos longos em esteira para buscar afinar meu ritmo de prova, estabeleço uma velocidade e vou elevando até chegar ao ritmo que desejo e vou até o fim do treino.


A princípio a largada da Prova estava programada e regulamentada para as 08h00 da manhã, mas acabou rolando as 08h20, mas o negócio era manter o foco, pois a prova não seria tão fácil como eu havia imaginado. E dada à largada seguimos por uma pequena subida e logo em seguida fomos por uma rua paralela ao clube Juventus, e já por ali nas ruas do bairro da Mooca ficou bem claro que as subidas seriam minhas companheiras do inicio ao final da prova, com poucos trechos planos no miolo do bairro da Mooca seguimos para a parte mais longa da prova um quase interminável declive e neste caso tudo que desce quase 2,5 km vai ter que subir os mesmos 2,5 km e a galera sentou a bota morro abaixo sem se dar conta de que teriam de guardar energia para a subida dos 2,5 km e foi quase uma profecia Maia, os mesmos que sentaram a bota na descida, no meio da subida já estavam a caminhar rumo ao topo da Avenida Paes de Barros, foi uma subida bem dura e lá no topo saímos da Avenida Paes de Barros e seguimos pela mesma rua lateral ao clube Juventus e com uma última e pequena subida para testar os limites finais de cada atleta, fechei a prova em 00:51:27 para mim uma grande ótima surpresa, com tantas pirambeiras. Ao final da prova creio que por conta do forte declive meus joelhos deram um alerta com algumas dores na lateral, e durante o alongamento final e na troca de ideias com meu amigo Marco, encontrei meus amigos Professor Ademir e meu amigo Felix Valmir.


E os próximos desafios já tem data agendada, neste próximo domingo (02/09/2012) vou para os 10 km da EcoRun que rola na meca do Corredores na Cidade Universitária –USP correndo pela equipe da TetraPak em seguida:


  • ·         16/09/2012 vou para os 11,264 km da 20ª Maratona Pão de Açúcar de Revezamento
  • ·         23/09/2012 encaro da 82ª Volta da Penha a segunda Prova mais antiga do Brasil
  • ·         30/09/2012 os 5 km da 5ª Corrida & Caminhada Droga Mata & Esporte Salva

E agora com tantas provas e treinos que virão pela frente, tenho um novo brinquedinho para me motivar ainda mais, meu novo Garmin 910 XT e para me levar ainda mais longe antes, durante e após as provas e treinos recebi um super presente da Gatorade Brasil através de Mayara Munhoz que vou testar em um longão muito bem equipado e preparado, quem sabe os 42 km que deixei de concluir na maratona de São Paulo neste ano !



Excelente semana repleta de Sucesso e ótimos Treinos!!!
Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

17 Comentários para Do Desânimo a Reconquista da Alegria de Correr …

  • Jorge  says:

    ———\\\\|/———
    ——–(@@)——-
    –ooO–(_)–Ooo–
    Xoooo desânimo pois o Dudu não te pertence…kkk…ainda bem que este desânimo foi embora e vc voltou as corridas, meu amigo as vezes planejamos algo e as vezes nào da certo e muitas das pessoas acabam desistindo, mas todos nós temos Deus e um restinho lá no fundo de força para buscarmos e nos superarmos, seja qual for o problema que vc passar nunca desista de lutar pq Deus e seus verdadeiros amigos estão ao seu lado para lhe ajudar, pois os problemas vem e vão embora…Parabéns por mais uma bela corrida e bons kms com seu novo brinquedinho…hehehe…
    Um abraço,

    Jorge Cerqueira
    http://www.jmaratona.com

  • PISANDO POR AI  says:

    É isso ai Eduardo bola para frente !!!

    As vezes temos nossos momentos de baixa, até por cobrar de mais se nós mesmo, mas o negocio é levantar a cabeça não ter medo de começar em um ritmo mais lento e voltar ao alto nivel novamente, já fiquei desanimado algumas vezes depois de alguns fracassos mas tive pé no chão para voltar a treinar e melhorar os meus tempos.

    Bora Treinar Campeão !!!

    Forte Abraço

    Léo

    http://www.pisandoporai.blogspot.com

  • KARINA BRANDT  says:

    Boa RUNNER! Ando numa fase com lesão e muitas vezes me vem a cabeça os mesmos pensamentos. Penso: vamos ser normais, Dra., mãe, dona de casa, tanta coisa… Pra que correr né? E me machuquei faltando 1 mês para a meia maratona de Nadsau, na minha terra em Recife. E a previsão é de fazer no máximo 10. Gostei do depoimento. Vamos lá ver o que a vida vai me dar. Beijo

  • Daniela Barcelos  says:

    Oi Edu,

    Você é um vencedor e sempre terá muita força para superar estes degraus que a vida nos impõe. As vezes também me desanimo frente aos problemas da vida, mas utilizo a corrida para me colocar novamente no eixo. Eu nunca vou deixá-la, pois é ela que me dá forças para enfrentar a tudo!
    Parabéns por todas suas provas, e que venham as próximas por aí!

    Um grande abraço e bons treinos!

  • Valérie Roberto  says:

    Olhá só, talvez o que eu vou falar é piegas ou vc já escutou, ou sei lá, nem serve de estímulo.

    Mas a gente que já foi obeso mórbido, não gordinho ou cheio, mas gordo de verdade (eu ainda sou rsrs) não pode esquecer NUNCA que um dia desistimos daquela vida opressora, sedentária e sem brilho. Escolhemos uma vida cheia de energia, gás, brilho no olho e muito, mas muito suor. Suor para nós, significa endorfina no sangue e isso só traz felicidade.

    Fico feliz que vc tenha retornado e em grande estilo, com muitos presentinhos que só nos faz feliz né? Um dia troco meu Timex (ótimo por sinal) por Garmim.

    Um abraço e bora correr!

  • Joka  says:

    Cara, quem ia na ZN p/ te dar porrada ia ser eu….kkkkkkkkkkkk Nada de parar man, só temos uma vida e temos q dar o melhor nela… Ainda bem q vc voltou com tudo guerreiro, o canal é concluir o objetivo, nem vou falar + nada vc ta ligado !!! Grande abraço e ve se me chama p/ um pedal….Ahuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  • Jacke Gense  says:

    Ahhhhhhhhhhhhhh…. que bom que está de volta Edu.. não pode sumir rapaz… uma vez viciado, viciado pra sempre… A gente até pode dar uma sumidinha, mas a saudade fala mais alto…
    Bom retorno..
    muito feliz por vc!!

    bjs
    Jacke

  • Luiz Souza  says:

    Olá Eduardo.
    Fico muito feliz com seu post. O recomeço é muito bom, renova e empolga.
    Continue assim, feliz e animado, pois você tem muito a conquistar.
    Deus te abençoe

  • Fabi ♥♥♥  says:

    Adorei a parte de dar na tua cara hahaha ainda bem que sempre damos a volta por cima né Edu =) bons treinos e vamos correr.

    Fabi

  • Eu posso, eu quero eu CONSIGO!  says:

    Eu adorei seu post, parabéns super incentivador.
    Parabéns, abraços.

  • Karinne Vanessa  says:

    Olá Eduardo, as dificuldades surgem para nos fortalecer e tenho certeza que foi isso que o motivou a voltar para as pistas. fForça na peruca moço!!!
    Abraço,
    Karinne

  • Fábio Namiuti  says:

    Força aí, guerreiro! Você tem história e vai continuar fazendo história. Siga firme nessa retomada.

  • Rafael oliveira  says:

    legal cara, comecei a correr faz uma semana e preciso das dicas de caras como vc para mim poder avançar neste esporte, por isso não pare, não desista e voe mais alto!!!

    http://www.papoamigos.blogspot.com

  • Helena - Floripa/SC  says:

    Oi, Eduardo.
    As dificuldades aparecem e provamos o quanto somos duros e fortes. Fico feliz com sua garra e superação. Força, amigo.
    Passei ainda para te desejar Feliz Dia do Blog. Parabéns, blogueiro, pelo seu dia!!
    Abraços e bom final de semana pra ti.
    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com

  • Paulo Corrida de Rua BH  says:

    Olá Edu,
    Sou razoavelmente novo em corridas, apenas 10 meses, mas já algumas histórias pra contar.
    Com tanto pouco tempo de corridas, já enfrentei uma maratona, a de SP, esse ano. Cara, tô sofrendo as consequências agora. Estou na fisioterapia, pois depois da maratona participei de 4 corridas, isso tudo por empolgação das corridas. Confesso que dá um desanimo ficar parado, depois de 21 corridas, mas não desisto, estou firme e forte na fisioterapia, louco pra voltar a correr. Parabéns pelo retorno as corridas. Forte abraço. Estou seguindo seu blog.

    PauloBH.

  • Rafael Marrone Fonseca  says:

    Parabéns pelo blog… muito bom…

    Grande abraço

    Rafael

    http://marroneocorredor.blogspot.com.br

  • Neila  says:

    Olá Edu, fiquei feliz com sua superação pois vc é uma inspiração pra mim. Fiquei afastada 8 meses das corridas por conta da minha gravidez, mas com 10 dias que minha filha nasceu voltei a caminhar e correr. Hoje ela faz 3 meses de nascida e estou fazendo 5k em 35min. Confesso que não é fácil perder o condicionamento de corrida e estou pensando em procurar uma assessoria para evoluir na corrida. Beijos

Deixe seu comentário ...