Dores na vida de um corredor….

Os especialistas e técnicos dizem que as dores fazem parte da vida dos corredores e corredoras, afinal de contas um esporte de alto impacto e desgaste tem suas consequências em sua grande maioria muito boas e claro outras ruins, as ruins são as dores e o fato de ter que dar aquela segurada nos treinos e com isso vem aquela sensação de vazio, para mim é quase que uma condenação, visto que até mudei minha planilha de treinos visando justamente entrar no clube dos ultramaratonistas em 2010 juntamente com minha amiga Yara Achôa e meu amigo Marco Aurélio nos 75km de Bertioga a Maresias.
Hoje treinando duas vezes por dia estou alternando
entre aulas de Pilates, Alongamento, Spinning e Corrida na esteira, sendo o primeiro treino das 06h00 as 07h30 e o segundo das 12h00 as 13h30, e aos domingos ainda estou fazendo meus treinos de rua que podem variar de 15k a 25k.Mas creio ainda que essas dores nos joelhos e nas coxas são resultado de várias provas consecutivas e desgastantes uma delas foi justamente a Meia Maratona de Praia Grande, apesar do percurso todo plano o sol foi implacável causando um grande desgaste e logo em seguida foram os mais de 23k da Maratona Pão de Açúcar onde o percurso exige demais do corredor com muitos aclives e declives.
Mas enquanto treino com o freio de mão puxado vou curtindo a família treinando leve e esperando o próximo desafio que será em 11 de outubro nos 8k da Corrida Corpore WTC pela Paz.
Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

8 Comentários para Dores na vida de um corredor….

  • Joka  says:

    KKK Edu meu perfume é de salompas rsrsrs…. To zuando amigo !!!Mas na real sempre que pega, estou usando rs…Uma dica depois de um treino forte já em casa relaxando, tenta usar uma meia de compressão pode ser da Kendal mesmo, custa em média R$ 39,90 e vende nas lojas americanas. Meu te garanto que no outro dia vc vai está zeradão. Aprendi c/ um amigo que já fez 10 iron man… Abraço e bons treinos, agente se tromba na largada em Bertioga…

  • Anonymous  says:

    Gostei da nota. Tb estou alternando musculação, pilates, corrida e jump. Mas qdo o treino muda sempre aparece umas dores. Mas em 48 horas estarei inteira novamente!

  • Jorge  says:

    Caro amigo Dudu, bom dia, realmente nós corredores convivemos sim com as dores, por causa dos grandes impactos, mais se a dor persiste tem algo de errado e lhe aconselho a procurar um ortopedista voltado para o esporte, quanto a ficar participando de várias provas consecutivas também tem que tomar cuidado amigo e que ótima notícia que vc deu vai virar Ultramaratonista que nem Eu, seja bem vindo amigo, lhe desejo boa preparação. Correr Ultramaratonas não é fácil não mais quando completa ela é muito bom. Quando vc começar a correr ultras pode ter certeza que provas menores o tempo ficará mais alto e anote uma dica ae, quando eu faço longões ou corro ultramaratonas eu alongo bem, quando da no final eu passo gelo e tento o máximo possível descansar com as pernas para o alto…
    Valeu amigo, se cuide.

    Bons treinos.

    Um abraço,

    Jorge Cerqueira
    http://jmaratona.blogspot.com

  • Claudinha  says:

    Oi Edu !
    Pois é…depois da Meia das Pontes vieram as dores…mas hoje já estou pronta prá outra !
    No final da prova acho que formulei umas 3 teorias sobre superação, ficava pensando, assim as dores sumiam e eu continuava, pena q não dá para gravar num CD esses pensamentos…rsrsrsrs
    Te encontro nos 8k no WTC !!!!! e.. parabéns pela decisão de ser ultra !
    bjão

  • Stéphanie Perrone  says:

    meu namorado sempre diz que “sem dor não há vitória”. e uma coisa é certa nessa nossa vida de atleta, seja profissional ou amador, a dor é uma companhia constante.

    quando a dor aperta muito eu tenho usado diclofenaco em pomada, tem dado resultado.

  • Anderson Consenzo  says:

    Descanso tmb é treino, mas a gente teima em desafiar essa maxima. Sofrendo e aprendendo – isso dá um bom titulo de blog hehe
    Eu continuo parado, mas agora com fisioterapia. Volto na segunda quinzena aos treinos.

    Abraço

  • Mayumi  says:

    Fala, Eduardo. espero que a dor vá embora logo! Não sei se é o mais indicado a fazer, mas eu fiz acupuntura para não sentir dor (eu não estava com dor, mas fui me prevenir, rsrs.) Bem, quem procura, acha, né? O acupunturista perguntou onde doía e eu disse que não doía nada, mas que queria checar se estava tudo bem. Daí, ele apertou um lugar que doeu pra caramba! Kakakaka. Mas saí de lá leve! Rs.
    Bom tratamento!

  • railer  says:

    eu tento colocar gelo, passar pomada, treinar leve, mas seguir treinando. ficar parado é ruim mesmo.

Deixe seu comentário ...