Mizuno Up Hill … Os Sobreviventes e seus tempos …

Mizuno Uphill Marathon: 50 sobrevivem à Serra do Rio do Rastro

Leonardo Maciel e Mirlene Picin marcaram seus nomes na história do esporte brasileiro. Os dois sagraram-se vencedores da inédita Mizuno Uphill Marathon, primeira maratona em subida do Brasil, realizada nesse sábado, dia 30 de novembro, na Serra do Rio do Rastro, em Santa Catarina. Todos os 50 atletas selecionados para encarar a temida subida da serra completaram o percurso de 42 quilômetros em ascensão.

UP HILL

“Quando recebi o convite para correr, coloquei na cabeça que iria completar bem o percurso. Durante a prova, percebi que era possível ir além e aumentei meu ritmo a partir do quilômetro 17”, explica Leonardo, que abriu vantagem sob seus perseguidores justamente no trecho mais temido por todos: a parte final da Serra do Rio do Rastro.

“Ao contrário da maioria dos participantes, eu queria que chegasse logo a parte mais íngreme da serra. Meus treinos nas subidas de São Conrado surtiram efeito”, completa o engenheiro de 32 anos, que realizou a maior parte da sua preparação na cidade carioca.

Antes da arrancada para a vitória, Leonardo viu Paulo Lacerda, empresário paulista de 49 anos, completar a primeira metade da maratona na liderança, quando o cronômetro indicava pouco mais de 01h34min de prova. “Consegui fazer uma ótima prova, com um início animador. Mas o Léo mereceu a vitória, afinal correu muito”, afirma Paulo, que foi seguido por Carlos Kawasaki, terceiro colocado geral.

Poucos quilômetros atrás, Mirlene Picin e Marina Richwin formavam o segundo pelotão da prova, travando um duelo acirrado em grande parte das 256 curvas do percurso. Era comum a troca de posições, mas Mirlene levou a melhor e cruzou a linha de chegada na primeira posição. “Tenho me dedicado muito nos últimos quatro anos e o resultado apareceu hoje, logo na minha primeira maratona”, comemora Mirlene, que concilia os treinos no asfalto com a profissão de publicitária e também participa de provas de esqui alpino. Eloiza Testolin foi a terceira colocada na categoria feminina.

Selecionados pela Mizuno, 17 mulheres e 33 homens largaram às 7h da manhã na fria e chuvosa praça central de Treviso, uma das três cidades em que o pelotão de corredores passou. O barulho da buzina da largada acabou com o ar de euforia e apreensão que tomava conta dos participantes. Começava ali o maior desafio da carreira desses atletas amadores.

Durante o trajeto, os participantes receberam o apoio dos moradores de Treviso, Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, cidades que compuseram o trajeto da prova. Frederico Vieira, natural de Lauro Müller, ganhou apoio especial dos familiares e amigos, que ajudaram o médico de 36 anos a cruzar a linha de chegada em sexto lugar na categoria masculina, sem esconder a emoção.

“Não tenho palavras para descrever o que foi ver minha família e meus amigos torcendo por mim aqui. Isso me deu uma força extra muito grande. Além disso, quero parabenizar a Mizuno e a X3M, que mostraram como se organiza uma prova. Realizar uma maratona em um local tão diferente como esse, sem nenhum problema, só mostra que eles conhecem as necessidades dos corredores, tanto profissionais, quanto nós, amadores” disse Frederico.

Yara Achôa e Iuri Totti, jornalistas que se conhecem de longa data, foram os últimos a completarem o percurso. Ambos tiveram problemas durante o trajeto, receberam tratamento médico e cruzaram a linha de chegada de mãos dadas

“Parabenizo não só os vencedores de cada categoria, mas todos os corredores que toparam participar dessa nossa iniciativa. Demonstraram que são realmente atletas de alto nível e provaram mais do que nunca, numa prova dura como foi a de hoje, seu valor e amor ao esporte. Na Mizuno Uphill Marathon não existem perdedores. Todos que aceitaram esse inédito desafio podem se considerar verdadeiros campeões”, finaliza Rogério Barenco, gerente da Mizuno Brasil.

Resultados

Masculino

1 – Leonardo Maciel – 3:31:11
2 – Paulo Lacerda – 3:43:42
3 – Carlos Kawasaki – 3:46:46
4 – Jacques Fernandes – 3:47:27
5 – Henrique Villela – 3:53:23
6 – Frederico Mendes – 3:54:10
7 – Zé Lúcio Cardim – 3:59:14
8 – Fabrízio Tinoco – 4:02:10
9 – Marcel Pracidelle – 4:10:02
10 – Everton Larrondo – 4:13:48
11 – Marcos Freddo – 4:15:07
12- Daniel Gohl – 4:15:26
13 – Flávio Simão – 4:18:13
14 – Orlando Venâncio – 4:28:29
15 – Gustavo Tubino – 4:32:51
16 – Fábio Pierry – 4:37:40
17 – Sergio Xavier – 4:40:15
18 – Regis Dias – 4:41:51
19 – Sergio Rocha – 4:41:51
20 – Alexandre Chaves – 4:43:28
21 – Herivelto Gomes – 4:43:28
22 – Roger De Abreu – 4:46:24
23 – Darvin Ribas – 4:47:19
24 – Eugênio Frederico – 4:49:32
25 – Marcello Lauer – 4:49:35
26 – Luiz Bastos – 4:49:59
27 – Harry Thomas Jr – 4:51:16
28 – Sergio Crespo – 5:16:15
29 – Robson Souto – 5:16:15
30 – Ricardo Nishizaki – 5:23:42
31 – Rodrigo Da Fonseca – 5:23:42
32 – Iuri Totti – 5:37:38

Feminino

1 – Mirlene Picin – 3:48:34
2 – Marina Richwin – 3:54:24
3 – Eloiza Testolin – 4:08:18
4 – Paula Narvaez – 4:10:02
5 – Daniela Santarosa – 4:12:14
6 – Cláudia Webber – 4:20:10
7 – Monica Moncada – 4:22:48
8 – Karina Brito – 4:28:16
9 – Vania Wong – 4:28:57
10 – Adriana Gaspar – 4:29:53
11 – Claudia Maragliano – 4:36:02
12 – Karine César – 4:49:43
13 – Giselle De La Higuera – 4:59:47
14 – Jacke Reis – 4:59:47
15 – Niva Mello – 5:03:02
16 – Betina Balletta – 5:18:53
17 – Patricia Nemoto – 5:22:31
18 – Yara Achôa – 5:37:38

Sinceramente, foram tempos fantásticos para a altimetria da prova , missão dada, missão cumprida … e muito bem !!!!

Parabéns aos Heróis e Heroínas !!!

Informações à imprensa:

Vinícius Cabral – 11 5090 8900 – ramal 8596

[email protected]

Christian McCardell – 11 5090 8967

[email protected]

Deixe seu comentário ...