No caminho do Desafio, emagrecer …

E lá se foi uma semana desde que retomei as rédeas da minha condição física e mental, aderi, aceitei e me propus ao desafio de emagrecer o máximo possível para em 03/11/2013 estar mais uma vez nos 21km do Circuito Athenas em Sampa, juntamente com os amigos e amigas , Marco Aurelio, Paulo Brasil, Roberta Palma, Fernanda Ferraresi e quem mais topar encarar o desafio, que tem um contexto todo voltado a saúde e bem estar.

Para mim em especial é o famoso “tomar vergonha na cara’, e provar mais um vez de que somos sim capazes de dominar a ansiedade e o descontrole quando estamos sentados à mesa. Vivemos em uma época onde o acesso aos alimentos é total, a cada 50 metros nos deparamos com algum tipo de estabelecimento ou comercio de comidas, Fast Food e as famosas besteiras repletas de sódio e gorduras saturadas.

Vergonha na Cara  Diclofenaco de Vergonha

E deixando de lado a palavra dieta que tem um significado pesado e severo: Modo de empregar o que é necessário à conservação da vida, tanto em saúde como em doença. Abstenção de alguns ou de todos os alimentos, em caso de doença. Privação de alimentos.

Prefiro utilizar a palavra Reeducação Alimentar que tem um sentido mais logico e saudável: A reeducação alimentar é um processo de aprendizagem e de mudança comportamental exercido por meio de orientações nutricionais específicas em que o indivíduo conhece e incorpora hábitos alimentares saudáveis.

Evolução Reeducação Alimentar Dieta Corrida de rua

E nesta primeira semana, já consegui eliminar de minha vida 1,9 quilos, e como isso nos faz bem a nossa autoestima, pode parecer algo fútil sem proposito ou até mesmo frescura, mas a obesidade já é tratada como um epidemia, visto que já temos nos transportes públicos acentos reservados para pessoas nestas condições, e esta epidemia já esta tão visível que basta irmos aos shoppings para constatarmos que a obesidade afeta de forma gritante nossas crianças, e elas sofrem de formas diversas, principalmente com o bullying resultado da discriminação de uma sociedade míope. E infelizmente quando cheguei a pesar meus quase 120 quilos, senti na pele a discriminação das pessoas, que me rotulavam de preguiçoso, nojento, fedido por conta da alta sudorese, e afirmo ser obeso é algo difícil e complicado, em uma sociedade repleta de falsas aparências, e não quero vivenciar estar situação de ser um verdadeiro ser Wild Screen, sem opção de roupas e de ser rotulado pelas pessoas.

Obesidade Descuido  Preguiça Lento

A minha meta é chegar em 03/11/2013, com 84 quilos vou fazer o que for possível e claro respeitando meus limites e minha saúde, e seguindo as orientações médicas à risca, pois o maior interessado nesta história de superação pessoal sou eu!

AUTO CONTROLE SUPERAÇÃO EMAGRECIMENTO EDUARDO ACACIO

Sucesso a todos, se superem, se desafiem e vençam!

2 Comentários para No caminho do Desafio, emagrecer …

  • PIO ESPEDITO DE CASTRO  says:

    Eu corro por ser dependente de cigarro e bebida alcoólica. Parei com cigarro a 43 anos e a bebida a 17 anos. Tenho muita vontade de voltar a fumar e beber, mas, enquanto estiver correndo, penso duas vezes e mantenho meu desejo de lado. O dependente somente consegue parar, se admitir sua dependência, e, também perceber que a pessoa não fuma ou bebe para si, e sim para as outras pessoas.

  • CLAUDIA TEREZA RAULINO  says:

    Eu corro, busca de condicionamento físico, qualidade de vida, saúde!!!! a corrida me dá todas as respostas para ter uma vida saudável, tenho prazer em correr…levanta minha auto estima, o melhor de tudo hj sou magra!!!

Deixe seu comentário ...