Um dia Punk demais de Bertioga à Maresias…

Ontem (17/10/2009) participamos da VII Maratona de Revezamento Bertioga – São Sebastião – Maresias – 75k o dia começou bem cedo e logo às 03h45 já estava de pé e apenas esperando meu amigo Marco para seguirmos viagem para o litoral Paulista.
Nossa equipe foi composta por mim, Guazzelli e
Mazzeto para enfrentarmos o revezamento dos 75k, já descendo da serra começamos a ter uma pequena idéia do que iríamos enfrentar em termos de clima, chuva constante e torrencial.
Chegamos a Bertioga às 06h40 e ainda tivemos a
chance de acompanhar a largada dos corredores Solo, os heróis que foram para enfrentar os 75k da prova, a largada dos trios aconteceu logo as 07h30 sem chuva, seguimos o revezamento onde cada um teria de cumprir três trechos:

  • Mazzeto – Trecho 01 – 10,8 Km / Trecho 04 – 6,8 Km / Trecho 07 – 9,7 Km
  • Eduardo – Trecho 02 – 5,6 Km / Trecho 05 – 5,5 km / Trecho 08 – 10,4 Km

  • Guazzelli – Trecho 03 – 6,8 Km / Trecho 06 – 8,1 km / Trecho 09 – 10,6 Km


Já durante a metade do primeiro trecho a chuva voltou com força e dai para diante não deu trégua, não havia como evitar molhar os tênis ou mesmo enfiar literalmente o pé na lama, quem curti aquela corrida convencional sem maiores preocupações com toda a infra-estrutura de staff e sair apenas com a camiseta suada deve pensar duas vezes antes de ir para uma prova como essa.

Creio que a única coisa que não ficou molhada, cheia de areia e lama foi minha vontade de finalizar a prova bem, devido à forte chuva no litoral tive de cruzar riachos com direito a raios caindo bem a nossa frente e o vento contra para tornar a prova ainda mais dura e para aqueles que acham que o Garmin é uma ostentação sem propósito, nesta prova fez a diferença, pois não havia qualquer tipo de marcação de km para controlar ou manter o ritmo e em alguns trechos corri literalmente sozinho com apenas a mata dos dois lados da pista, postos de água apenas três durante a prova toda, a chuva tornou o apoio ao corredor quase nulo, e os carros de apoio mal tinha tempo de dar o devido apoio, pois logo tinham de ir para o ponto de troca seguinte, essa prova foi à verdadeira provação para ver quem realmente ama a corrida, em meu último trecho o dito “bem difícil” tive de encarar a subida da serra algo que afirmo foi punk demais duas subidas intermináveis e logo em seguida um trecho de praia com a ressaca do mar trazendo as ondas bem em nossos pés, tornando a prova ainda mais pesada, ao passar o chip para que o Guazzelli finalizasse a prova eu já estava literalmente moído, mas feliz por ter concluído a prova, dai seguimos para a chegada da prova e durante a subida do último trecho chamado de “muito difícil” percebemos o quanto duro era esse trecho com uma subida de mais de 3 km e como tudo que sobe tem que descer, a descida era algo que causava o mesmo desgaste, pois comprometia os joelhos de forma intensa, e sem contar a grande chance de escorregar e ter de encerrar a prova faltando apenas 4 km para a chegada, fechamos a prova em 06h35, mas vamos ver o tempo oficial, mas levamos a medalha de prata, pois fechamos a prova abaixo das 07h00 de prova.

E a cena do dia foi um cachorro que a galera viu em Bertioga e que correu solo os 75k da prova, chegando meio cambaleante em Maresias assim como aqueles que correram solo e trio.
Próximo desafio será acompanhar meus filhos em seus desafios pessoais na Pão de Açúcar Kids no dia 24/10 e no dia seguinte vou encarar os 9k da 6ª Corrida Shopping Aricanduva e vamos que vamos!

Esse Blog mostra a todos que com fé,persistência e força de vontade
tudo é possível !!!

13 Comentários para Um dia Punk demais de Bertioga à Maresias…

  • Claudinha  says:

    É amigo… acho que vou ter que crescer muuuito prá fazer uma prova dessas… rsrsrsrs
    Quem sabe morando por lá, ano que vem estarei participando !!!!!!!!!!!!!
    bjão

  • G.M.  says:

    Parabéns, Eduardo.
    Prova para poucos.
    Ou melhor, para pouquíssimos…
    Congratulações !
    Ass.: Guilherme.

  • Joka  says:

    Ahuuuuuuuuu !!!! Que chuva brow!!! kkkk Uma pena agente não te se trombado, sai no pelotão de frente solo… E o cachorro!!! kkkkk Firme e forte foi meu companheiro em Itaguare kkk…Parabéns guerreiro a chuva foi dadiva de Deus rsrsrs

  • Jorge  says:

    Caro amigo Dudu, brilhante prova, brilhante relato e mesmo com as dificuldades do que aconteceu com vcs, lhe parabenizo por concluir essa prova, mandou bem, o amigo Blogueiro e corredor Joka do blog http://joka-nasmaosdedeus.blogspot.com/ fez esse Desafio como SOLO, vc não conheceu ele na prova,pois ele relatou tudo no blog dele.
    Desejo boa sorte para seus filhos no dia 24.10.2009.
    Ahhh vc disse que ano que vem vai querer fazer esta prova inteira como SOLO, para que deixar para ano que vem, no dia 13 Dez terá uma Ultramatona com duas distância uma short de 35km e outra 70Km em Laranja da Terra no Espírito Santo e eu estarei correndo ela e aí vamos encarar.
    Boa semana e bons treinos,
    Um abraço

    Jorge Cerqueira
    http://jmaratona.blogspot.com

  • Diego da Costa  says:

    Meus parabéns Eduardo pela excelente participação e por incentivar seus filhos a praticarem esporte desde cedo.

    Abraços e boa semana.

  • Mayumi  says:

    Nossa, que punk! E parabéns ao cachorro! Rsrssrs. estou brincando! Parabéns a tods que completaram a prova, em trio ou solo, e também ao cachorro! Ele deve ter treinado adequadamente, né? Rs.

  • José Alexandre  says:

    Parabêns… que venha des Sables, badwater e Spartathlon.

  • Yara Achôa  says:

    Grande Edu!!!
    Deve ter sido uma aventura e tanto. A chuva só trouxe mais emoção, tipo da coisa que a gente adooooora! Parabéns, amigo. Agora fiquei com mais vontade ainda de fazer essa prova.
    Super beijo,
    Yara

  • Yara Achôa  says:

    Grande Edu!!!
    Deve ter sido uma aventura e tanto. A chuva só trouxe mais emoção, tipo da coisa que a gente adooooora! Parabéns, amigo. Agora fiquei com mais vontade ainda de fazer essa prova.
    Super beijo,
    Yara

  • Claudia  says:

    Valeu, Edu! Foi uma prova para valentes. Esses, que roubaram, não entenderam o espírito da coisa!
    Parabens.

  • Fábio Namiuti  says:

    Sensacional, Eduardo! Parabéns a você e aos seus parceiros de revezamento. Essas a gente pode até fazer de novo, mas ficam marcadas pra sempre, né? Bonito e inspirador relato.

    Abraço!

  • railer  says:

    parabéns, eduardo! você é um exemplo, hein.
    vem correr a human race domingo?

  • Nadais  says:

    eduardo,

    tá todo mundo virando ‘ultraalgumacoisa’.

    eu me auto intitularei ‘ultrapreguiçoso’ rsss

    parabéns pelo desafio.

    que venham outros

    valeu!

    nadais

Deixe seu comentário ...