Vem ai a 89ª Corrida de São Silvestre …

Vem ai mais uma Corrida Internacional de São Silvestre, faltando pouco mais de 40 dias para a prova e o momento de fazer treinos mais específicos para os aclives do percurso e principalmente para a longa subida da Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, porém com as mudanças de horário da largada e do percurso o desgaste sem duvidas ficou bem menor, mas mesmo assim a prova ainda é um desafio para encerrar o ano da melhor forma possível, correndo e finalizando na Paulista.

Neste ano estarei correndo pela vez esta prova que é um símbolo pessoal para mim, pois lá em 2006 a São Silvestre me motivou a continuar minha luta contra o sedentarismo e a obesidade, desde lá nunca mais parei nesta loucura maravilhosa. Mas o que é correr a São Silvestre? Creio que a melhor definição para esta pergunta seja : “Corra a São Silvestre !”.

Muitos criticam a organização da Prova, o grande número de corredores e fantasiados, mas o que esquecem é que a prova na verdade é uma grande festa, e em festa não podemos nos estressar, devemos ir para curtir e encerrar o ano de forma alegre e realizados.

Dicas para correr a Sâo Silvestre

Aqui vão algumas dicas pessoais, as quais sempre deram certo para mim :

Dia anterior a Prova :

Bem com a mudança de horário da largada para o período da manhã, tudo ficou mais comum e obvio para os corredores e corredoras, pois anteriormente com a largada as 17h00 os preparativos eram muito diferentes e intensos, desde a alimentação até a hidratação. Mas mesmo assim pela complexidade do percurso devemos ter atenção redobrada quanto a alimentação e hidratação afinal de contas são 15 quilômetros de prova, portanto evite alimentos pesados na noite anterior a prova e hidrate-se bem.

No dia da Prova:

Se programe-se para levantar cedo, afinal de contas assim como você outros 25.000 corredores ou mais estarão indo para o mesmo local, tome um café da manhã leve e composto por carboidratos, procure se orientar quanto a locais para estacionar o carro, pois a região estará completamente travada por conta das interdições, uma dica procure seguir pela Avenida 23 de maio e acessar a região da Paulista pela parte de baixo da Brigadeiro Luiz Antônio, para mim sempre deu certo.

 Na Arena da Prova:

Vamos considerar que a Arena da São Silvestre é bem diferente das demais provas, a arena é a própria Avenida Paulista em si, geralmente um bom local para se encontrar com os amigos é no prédio da FIESP, não tem como errar e não se encontrar, os banheiros químicos,  estão naquela região dali para frente se tiver vontade vai ter de improvisar, o que é feio!

 A Largada:

Como eu havia dito, a São Silvestre é uma festa, para curtir o final do ano, se você quer ir para fazer seu Record pessoal então se prepare para ficar na área do gargalo e aparecer na telinha do PLIM PLIM, mas essa decisão tem seu preço, uma vez lá dificilmente você consegue sair, se tiver que ir ao banheiro esqueça, alguns corredores levam garrafas pet para a largada e fazem uso deste recurso, pessoalmente largar na região do MASP é muito mais tranquilo, claro que até cruzar o pórtico da largada lá se vão mais de 10 minutos, mas faz parte da festa.

No Percurso da Prova:

Com as mudanças de percurso, passando pelo tumulto da Largada, saímos da Avenida Paulista e seguimos para a Avenida Dr Arnaldo, e por ali vamos morro abaixo seguindo para o estádio do Pacaembu, neste trecho tenha cuidado por o declive é muito acentuado e podem haver quedas, e como é de conhecimento de todos em 2012 tivemos a morte de um corredor cadeirante justamente  neste trecho da prova, passando este trecho seguimos pela Avenida Pacaembu, local tradicional de corridas, e seguimos rumo a região da Barra Funda, onde considero que houve a grande perca em não correr mais sobre o elevado Costa e Silva, onde todos os moradores ficavam em suas janelas saldando os corredores transmitindo uma mega energia, a partir dai seguimos parte do trajeto tradicional da prova, mas deixando de passar em meio a parte residencial onde tradicionalmente havia por ali uma senhora que ficava com uma mangueira dando um refresco na galera.

Agua que resfreca

E seguimos ao lado do Memorial da Barra Funda, onde vem a primeira subida no viaduto Pacaembu, e logo em seguida seguimos pelas Avenidas Marques de São Vicente, Norma Pieruccinni e Rudge, e ai temos mais uma subida do viaduto da Rudge, seguimos pela Avenida Rio Branco, Duque de Caxias e vamos para o Largo do Arouche, dai seguimos até a Praça da Republica onde nos dirigimos até a Avenida Ipiranga, até aqui para mim as mudanças foram favoráveis e até tornaram a prova mais rápida, seguimos então rumo ao largo do Paissandú e voltamos ao trajeto tradicional da prova, passando pela praça Ramos de Azevedo, Teatro Municipal, Viaduto do Chá e Largo São Francisco, aqui tem uma subidinha que é chata demais, mas nada para assustar, só é chata !

Passando pelo largo São Francisco, estamos chegando aos momentos derradeiros, os últimos dois quilômetros morro acima, neste momento vamos para o ataque ao Brigadeiro Luiz Antônio, rumo ao cume, neste ponto o segredo é manter um ritmo confortável, nada de loucuras, deixe o Sprint final para a chegada na Avenida Paulista, neste momento teremos a companhia de muita gente nas ruas, muito incentivo e sem duvidas a lagrimas irão rolar, na chegada na Paulista tome cuidado, alguns corredores ficam alucinados, literalmente surtam e só faltam te atropelar, o que vale neste momento e curtir e completar a prova e celebrar sua conquista e a chegada de uma novo ano.

Desejo sinceramente para todos que forem correr a corrida de São Silvestre que curtam cada instante desta festa !!!

Sucesso Sempre !!!

2 Comentários para Vem ai a 89ª Corrida de São Silvestre …

  • Mari Quadros  says:

    Será minha primeira participação na corrida São Silvestre, confesso que o coração desde já está acelerado. Mas será uma boa experiência. Quando estiver concluída deixo meu comentário.
    Abços.

  • Eduardo Acacio Silva  says:

    Mari … sem dúvidas será uma experiencia sem igual … você verá !

Deixe seu comentário ...