XX Maratona de São Paulo, em Chamas …

Neste domingo (19/10/2014) aconteceu a 20ª edição da Maratona Internacional de São Paulo, e a convite da Fila Brasil lá fui para meu 165º desafio, mas desta vez encarando os 10km da prova. E em uma semana de recordes de temperatura em São Paulo, onde minha relação com o sol e temperaturas elevadas é muito ruim, eu já previa uma prova dura para todos independente da distância a ser encarada.

E logo as 06h30 da manhã após me desvencilhar da infestação de flanelinhas que tomavam conta dos arredores do Ginásio do Ibirapuera, consegui estacionar no estacionamento da Assembleia Legislativa de São Paulo e lá aguardar até o momento de ir para a arena da prova.

E nestes minutos de espera relembrei minhas ultimas Maratonas com amigos em um clima atmosférico muito mais favorável para encarar as distancias da prova, mas enfim em tempos de Copa “fiasco” do Mundo e eleições quem sem incomoda se alguns corredores irão passar maus bocados por conta do calor.

A arena da prova estava muito festiva e o sol já avisava que iria frita miolos, encontrei por lá Antonio Colucci que já estava todo paramentado para encarar os 42k da prova, como sempre muito animado e motivado um cara fenomenal.

Maratona em Chamas

E no caminho para a largada eis que encontro os amigos Ivana Vallada e Cláudio Rinaldo do Blog Número de Peito, entre muita conversa e bate pato esperamos pacientemente pela largada, e as 07:58 foi dada só que não, pois até o pórtico levamos mais de 10 minutos para começar a correr de fato, bem creio que a Organização nunca ouvi falar de largada em ondas, mas logo após passarmos, resolvi acompanhar meus amigos que iriam para 25 e 42k até o 5k, e para minha surpresa o primeiro ponto de hidratação somente apareceu no 4km, isso já sob um sol de 26 graus, e após passar por um túnel que lembrava uma sauna seca,  sinceramente não sei quem é o responsável mas com certeza não é corredor de rua. Chegamos ao 5km e lá meus amigos foram encarar seus desafios e eu retornei para concluir meus 10km, confesso que com muita dor no coração, pois quem encara os 42km sente quase a obrigação de seguir adiante, mas eu tinha plena ciência de que aquele não era o meu momento e fiz a mim mesmo a promessa de em 2015 voltar aos 42km. E no retorno para concluir os 10k percebi muita gente passando mal e muita gente que estava habituada a correr os 10k caminhando, por conta dos 29 graus que já fritava os miolos as 09h00, e para variar agua quente servida aos montes, procurei manter um ritmo confortável e não me sacrificar, afinal de contas não devo satisfação a ninguém e corro para mim e não para os outros.

Na chegada uma bela medalha e a salvação da Pátria um Gatorade mega gelado, para aliviar o calor e o desgaste do calor, corri os 10km desta prova com o FILA Kenya RIBBONS® Nandie para uma estreia sob condições tão desgastantes me surpreendeu positivamente, e vamos continuar testando e logo mais postar minhas impressões em uma analise no blog.

Próximo desafio os 8km da 5ª SP Run – Shopping SP Market, vamos em frente rumo aos 42k em 2015!

Sucesso Sempre a todos !

2 Comentários para XX Maratona de São Paulo, em Chamas …

  • elivan carneiro  says:

    valeu pessoal ai vai meus parabens ao org colaboradores e todos os participantes nao so Brasil como do mundo inteiro Atenciosamente Elivan(ciclistaUltramaratonista natural de BananeirasPb residente em Joao Pessoa

  • Claudio Rinaldo  says:

    Grande Edu!

    Parabéns por mais uma conquista e obrigado pela companhia! Fritamos todos os neurônios que ainda sobravam nesta prova, e como você já deve ter lido por aí, sofremos bastante com a falta de água em alguns pontos.

    Abraço e nos vemos nas próximas!

Deixe seu comentário ...